Ar condicionado

Seja para aquecimento ou arrefecimento, os aparelhos de ar condicionado devem estar devidamente dimensionados para a área da casa que vão climatizar. Enquanto o aparelho estiver ligado, as portas e janelas devem estar fechadas para evitar a entrada de ar quente ou frio no interior e obrigar o equipamento a trabalhar mais para compensar este aumento da temperatura interior. Nas horas de menor calor/frio, deve-se aproveitar para fazer a renovação do ar interior.

Se o aparelho de ar condicionado tiver uma unidade exterior, esta deve estar num local onde não incida a luz solar directa. Por outro lado, esta unidade também não deve situar-se muito longe da unidade interior, uma vez que quanto maior for a distância entre as duas maior vai ser o consumo de energia.

Se deixa sistematicamente o ar condicionado ligado por esquecimento, a solução é instalar um temporizador. Inclusive, se optar por um modelo mais avançado, é possível programá-lo para ligar/desligar em alturas específicas, como por exemplo ligar um pouco antes de chegar a casa.

Ligue o ar condicionado somente nas divisões onde prevê estar, e apenas pelo tempo necessário, desligando-o um pouco antes de deixar a divisão.

Regule o termóstato para uma temperatura que lhe dê o conforto mínimo pretendido, em vez de arrefecer/aquecer excessivamente a divisão. Cada grau de diferença para arrefecer ou aquecer a divisão implica um aumento significativo no consumo de energia.
 

Efectue revisões periódicas ao sistema de ar condicionado, verificando o líquido refrigerador, os filtros e as bobinas. Aumenta a sua eficiência, prolonga a vida do sistema e mantém a boa qualidade do ar interior.

 

 

Ar Condicionado Inverter


O conceito que está por detrás da tecnologia do ar condicionado inverter visa conseguir obter uma redução no consumo de energia que o sistema gasta.


Esta poupança é conseguida através do compressor, este tem a capacidade de variar o seu nível de funcionamento em função das necessidades que o espaço que está a ser climatizado precisa.

Resumindo, ar condicionado inverter tem a capacidade de se adaptar a maiores ou menores exigências térmicas e gasta o necessário para o seu funcionamento 

 

 

 

Cuidados a ter na aquisição

É fundamental ter em consideração a área da divisão a climatizar, o seu isolamento, a sua exposição (sol/sombra), o número de pessoas que geralmente o utilizam e as necessidades de conforto do espaço a climatizar.
O nível de consumo do equipamento de ar condicionado depende da relação entre a quantidade de frio ou calor obtida e a energia eléctrica consumida. Os parâmetros mais relevantes são o COP (Coeficiente de desempenho) em modo de aquecimento e o EER (Índice de eficiência energética) em modo de arrefecimento. A selecção de equipamentos Classe A assegura a selecção de equipamentos eficientes.
A potência dos aparelhos de climatização é expressa em Watts ou BTU/hora (1 BTU /hora = 1 Watt x 3,413) e exprime a capacidade de "fazer frio ou calor".
A escolha de um equipamento de climatização deve ser efectuada tendo em atenção a qualidade térmica da habitação. Em termos meramente indicativos, apresentam-se no quadro seguinte alguns valores que permitem obter uma noção do equipamento a seleccionar. No entanto, não deve adquirir nenhum equipamento, sem ter o apoio de um técnico qualificado para tal.

Cuidados a ter na utilização

  • para manter a temperatura pretendida, mantenha as portas e as janelas de sua casa fechadas e evite o calor do Sol (no Verão), fechando cortinas e persianas;
  • evite que os componentes do aparelho instalados no exterior estejam expostos à radiação solar e instale-os longe de quaisquer fontes de calor;
  • limpe ou substitua os filtros periodicamente. A sujidade acumulada dificulta a passagem do ar, forçando o sistema, o que desgasta o equipamento e provoca um aumento do consumo de energia.
  • defina uma temperatura racional. Temperaturas muito elevadas ou muito baixas elevam o consumo de energia consideravelmente. O termóstato, dispositivo que controla e mantém constante a temperatura num ambiente, é um elemento chave no controlo da temperatura e na poupança energética.